Decoração com plantas Decoração de Casas

Plantas para decoração: amor-perfeito

O amor-perfeito é uma das flores mais populares, ideal para plantar no jardim ou em vasos, nas varandas e terraços de apartamentos. São plantas híbridas, conseguidas através das violetas, nativas da Europa e da Ásia Ocidental e apresentam uma grande variedade de cores e formatos. Apesar da sua aparência frágil é uma planta muito resistente, que não necessita de muitos cuidados.

Dá-se bem ao sol ou meia sombra e precisa de humidade no solo para um desenvolvimento saudável. Pode atingir uma altura entre 20 e 30 centímetros e propaga-se através de sementes no outono.

As flores do amor-perfeito são grandes e vistosas, com bonitas manchas que variam entre combinações de branco, roxo, amarelo, róseo e marrom. Florescem quase o ano inteiro e toleram bem climas frios.

Cultivo do amor-perfeito


O amor-perfeito propaga-se a partir de sementes, na primavera ou no outono. O solo ideal para o seu cultivo deve ser arenoso e rico em matéria orgânica. Para plantar deve cobrir o fundo de um tabuleiro, ou bandeja específica para a função, com uma camada de 2 ou 3 cm de areia grossa e depois colocar uma mistura de terra, areia e turfa em partes iguais e humedecer com água.

As sementes são depois colocadas em sulcos no sentido do comprimento do tabuleiro, com alguns centímetros de intervalo. Após semear, deve irrigar com um pouco de água para humedecer o substrato.

Se possível taper o tabuleiro com um vidro, para que as sementes se mantenham num ambiente húmido e quente. Cubra o vidro com uma folha de jornal para evitar variações térmicas. Nãocoloque sobre sol direto, mas mantenha num local quente até que germinem. O amor-perfeito cresce melhor quando plantado à meia-sombra, sempre protegido do sol forte e do vento.

Quando começarem a nascer, pode retirar o papel e o vidro, mas mantendo sempre o substrato húmido. Lembre-se que a planta precisa de espaço para crescer, um espaço igual pelo menos à sua altura. Se necessário deverá fazer um desbaste e arrancar as plantas em excesso.

Quando já tiverem algumas folhas faça o transplante para o vaso ou jardim. O transplante deve ser feito pela manhã ou a tarde precedido de uma irrigação.


Cuidados de manutenção

  • O amor-perfeito gosta de pelo menos 6 horas de sol por dia.
  • Gosta de meia-sombra, mas ficar totalmente à sombra durante o dia inteiro não é de todo aconselhável.
  • É uma planta que cresce rapidamente, mas precisa de ser regada abundantemente e com frequência. A rega deve ser feita de duas a três vezes por semana nos meses quentes e uma vez por semana nas épocas frias.
  • Eliminar as flores velhas favorece o aparecimento de outras e prolonga o tempo de floração.
  • A adubação do amor-perfeito deve ser feita quinzenalmente. O fertilizante deve ser colocado logo a partir do momento do cultivo.

Sabia que as flores do amor-perfeito são comestíveis? Fazem enorme sucesso na culinária, onde são usadas como ingrediente de sabor suave em sobremesas e saladas. Mas atenção, apenas as flores podem ser ingeridas e têm de ser cultivadas biologicamente, sem produtos químicos.



16 Comentários

  1. Maria Teresa 20 de Junho de 2011
  2. Rosana 22 de Junho de 2011
  3. Ana Teresa Pontes 6 de Julho de 2012
    • Cristina Pedroso 6 de Julho de 2012
    • Ana Teresa Pontes 7 de Julho de 2012
  4. Cristina Pedroso 6 de Julho de 2012
  5. Cristina Pedroso 6 de Julho de 2012
  6. Cristina Pedroso 6 de Julho de 2012
  7. jorge 10 de Outubro de 2012
  8. Delina Conceição Barbosa 30 de Janeiro de 2013
  9. Fernanda Domingos Costa 6 de Março de 2013
  10. Linda Guerreiro 11 de Junho de 2013
  11. Irene Goulart de Almeida 29 de Julho de 2013
  12. Tatiana Ferreira 4 de Setembro de 2013
  13. Fatima Pereira 13 de Junho de 2015
  14. Lidia Daniele 15 de Dezembro de 2015

Deixe o seu comentário

Nome : Email :