Decoração de Casas Decoração de Cozinhas

Remodelar a cozinha: planeamento e distribuição

A cozinha é uma das divisões mais importantes de todo o apartamento e também uma das mais movimentadas e utilizadas durante o dia. A preparação das refeições pode ser a sua principal função, mas não é certamente a única. É também na cozinha que passamos a maior parte do tempo a socializar com amigos e familiares, a comer ou até a trabalhar. Contudo, não lhe damos a devida importância e a divisão acaba por tornar-se num enorme contraste com a restante decoração do apartamento.

Remodelar a cozinha é certamente um dos projetos mais dispendiosos, tanto em termos de dinheiro como tempo, para o proprietário de um apartamento. Contudo, esta remodelação deve também ser encarada como um investimento futuro, uma vez que irá trazer valor acrescentado a este espaço na altura que decidir vender o apartamento.

Neste artigo vamos dar-lhe algumas orientações para conseguir fazer o planeamento da remodelação e escolher qual a distribuição mais adequada para o espaço disponível.

Planeamento


Antes de iniciar qualquer remodelação deve ter em conta primeiro alguns pormenores essenciais:

  • Tenha em consideração as necessidades de quem vai utilizar a cozinha diariamente. Saber a forma como a cozinha vai ser utilizada tem extrema importância também na forma como deve ser feita toda a distribuição do espaço, como deve ficar organizada a zona de trabalho, de arrumação e refeição.
  • É preciso saber por que ordem as obras de remodelação devem ser feitas. Em primeiro lugar deve preocupar-se com as obras arquitectónicas como derrubar paredes. Depois deve renovar a canalização (caso seja necessário) e tratar da instalação eléctrica. Segue-se o revestimento das paredes e chão nos materiais à sua escolha. Por fim, é altura de medir o espaço disponível e começar a instalar todo o mobiliário e aparelhos necessários para o bom funcionamento da cozinha. Aconselhamos que tenha sempre em mente um triângulo, cujos vértices são as zonas de água, de preparação da comida e trabalho, para que tudo se torne mais eficiente. Pode optar por diferentes formas de distribuição (Em linha, pararelo, U, L), dependendo do formato e tamanho da própria cozinha.
  • Não se esqueça ainda de deixar espaço suficiente para passagem e para abrir comodamente armários e gavetas. O ideal é que fique no mínimo 1,20m de distância entre duas linhas de móveis, Em relação às ilhas deve haver 90cm de espaço livre em volta. No caso de armários de cozinha com módulos altos, estes devem ficar no máximo a 1,40m do chão, de forma a permitir que se consiga aceder facilmente a todas as prateleiras interiores e exteriores.

Distribuição

Pode optar por diferentes distribuições, consoante a planta e tamanho da cozinha. Sugerimos alguns:

  • Distribuição em linha: perfeita para cozinhas mais pequenas e usada geralmente em cozinhas longas, mas estreitas. De um lado colocam-se os móveis e aparelhos necessários para desempenhar as funções de preparação e trabalho e do outro a mesa de refeições. Caso exista espaço disponível, pode também optar-se por colocar a própria área de refeições na bancada.

 

 

  • Distribuição em “U”: excelente para tirar o maior partido de todo o espaço disponível numa cozinha pequena. Se tiver espaço, transforme uma das bancadas em zona de refeições. A distribuição do mobiliário em paralelo permite uma confortável área de trabalho.

 

 

 

  • Distribuição com ilha central: este tipo de distribuição é perfeita para cozinhas de maiores dimensões ou de formato quadrado . Permite bastante espaço de arrumação e torna toda a decoração mais moderna. O módulo central poderá servir como espaço de refeições ou então para a preparação de refeições.

 



9 Comentários

  1. Elizabeth Bruno 13 de Janeiro de 2012
  2. Ana Romba 17 de Janeiro de 2012
  3. lidia 16 de Junho de 2012
  4. Marta Massuanganhe 3 de Maio de 2013
  5. Rosália Eusébio Mariano 5 de Julho de 2013
  6. Annette Ngozi Nwachukwu 30 de Janeiro de 2014
  7. Maria Da Luz Almeida 26 de Fevereiro de 2014
  8. Maria Jose Pinto Ribeiro 2 de Março de 2014
  9. Alda Caetano 13 de Março de 2014

Responder a lidia Cancelar resposta

Nome : Email :