Decoração com Tapetes Decoração com Tapetes e Carpetes

Tapetes: como escolher o ideal para cada ambiente

Se decidiu adquirir um bonito e elegante tapete para decorar a sua casa, mas não sabe qual o que melhor se adequa ao ambiente da decoração, então este artigo foi feito a pensar em si. De seguida vamos mostrar-lhe algumas dicas  para o ajudar a responder a importantes questões que surgem no momento da compra do tapete e na hora de coloca-lo no ambiente da sua casa.

As diversas cores, formatos e texturas tornam a escolha pelo tapete ideal um verdadeiro desafio. Vários aspectos devem ser observados, como o estilo e as cores dos móveis e objetos. Ambientes sofisticados de clima vintage combinam com o requinte dos tapetes orientais de seda. Espaços modernos e funcionais pedem tapetes com um visual mais leve.

Confira agora mais algumas das nossas dicas:

Espaço e ambiente


O espaço disponível e o ambiente da divisão são fatores chave a considerar na hora da aquisição de um tapete. Antes de optar por um tapete apropriado é essencial medir o espaço em que este irá ser colocado. O ideal é que se deixe uma folga de cerca de 90cm entre o tapete e os objetos mais próximos. Como referimos no artigo anterior, os tapetes que fiquem colocados por baixo de mesas devem ser maiores que estas e deve também existir um espaço para as cadeiras, mesmo quando estas forem puxadas para trás.

 

 

É preciso também ter em conta o efeito que o padrão ou cor do tapete irá ter na atmosfera da divisão. Se pretender conferir à divisão um efeito de maior amplitude, então tapetes de cores mais leves e padrões simples são a escolha mais apropriada. Cores suaves e desenhos simples ajudam a iluminar o espaço e a criar a ilusão de um ambiente mais limpo e de maiores dimensões. Contudo, se o que pretende é transmitir maior conforto e um ambiente mais acolhedor, então opte por escolher tapetes de cores mais escuras e padrões mais arrojados e vibrantes.

Nas imagens seguintes mostramos ambientes decorados com ambos os exemplos acima descritos: tapete de cor suave e tapete de cor escura.

 

 

 

Outro fator a ter em conta é se pretende que o tapete seja o foco de destaque da decoração e do espaço ou se pretende apenas que este sirva de complemento à decoração envolvente.

Se você quiser que o mobiliário seja o foco central da divisão, então provavelmente vai querer escolher um tapete que capte as cores do próprio mobiliário em si, servindo apenas como um prolongamento da cor e estilo deste. Pode ainda combinar diferentes padrões desde que tenha sempre o cuidado de coordenar as suas cores.

Se pelo contrário pretender que o tapete seja sim o foco de destaque do ambiente, então um padrão mais arrojado ou uma cor mais vibrante combina na perfeição com mobiliário de cores sólidas e de linhas mais sóbrias.

Nas imagens seguintes mostramos dois exemplos de decoração com tapetes de uma cor mais sóbria, no primeiro caso, e de um tapete com um padrão mais marcante, ideal para criar mais interesse em qualquer ambiente, na segunda imagem.

 

 

 



Deixe o seu comentário

Nome : Email :