Tipos de Tapetes

Tipos de tapetes

Os tapetes são um elemento decorativo desprezado por grande parte de nós, que os consideramos dispensáveis, pouco higiénicos, ou por vezes até fora de moda, trazendo-nos à memória os velhos tapetes sem graça das nossas avós. No entanto, tal ideia não podia estar mais ultrapassada, visto hoje em dia existir no mercado uma enorme variedade de modelos de tapetes que podemos utilizar na decoração das nossas casas. Tapetes persas, de fibras naturais, compridos, curtos, para a sala, para o quarto das crianças, há de tudo um pouco e para todos os gostos e carteiras.

A escolha do tapete perfeito


Os tapetes são peças indispensáveis na decoração da casa, sendo também uma das formas mais fáceis de decorar ou renovar qualquer divisão. Mas atenção, o tapete deve sempre estar em harmonia com a restante decoração envolvente, de forma a ser possível criar um ambiente acolhedor e elegante.

Um tapete pode fazer toda a diferença no aspecto geral da divisão, mas é preciso cuidado na hora de comprar o tapete ideal para aquele quarto vazio ao qual queremos conferir mais cor ou para a sala com sofá estampado que precisa de um ar mais sofisticado. Cada ambiente exige um tipo de tapete diferente. Se tivermos um sofá muito colorido ou com estampados ostentosos, a melhor opção será optar por um tapete liso, de um tom neutro, que não choque com o padrão já existente. Se pelo contrário, o ambiente for desprovido de tanta personalidade ou cor, um tapete que provoque um efeito mais dramático será certamente uma boa aposta.

Outros aspectos a ter em conta na compra do tapete é o pavimento da divisão que irá receber o tapete, assim como o próprio material em que o tapete é feito. Pavimentos de mosaico e de madeira combinam geralmente com qualquer tipo de tapetes, desde os mais simples aos mais coloridos e estampados. Pavimentos mais decorados pedem um tipo de tapete mais modesto e simples. Os tapetes podem ser de fibras sintéticas, normalmente mais fáceis de limpar, ou de fibras naturais, como coco, sisal, lã e seagrass (de algas), que requerem um tipo de manutenção mais cuidada.

Alguns tipos de tapetes à sua escolha

Os tapetes persa são provavelmente dos mais conhecidos pelo mundo, muito em parte devido à sua extrema beleza e durabilidade. São famosos pelas suas cores intensas e design elaborado, normalmente geométrico, floral ou pictórico, e por não desbotarem nem causarem alergias. Com o passar do tempo, os tapetes persas têm tendência a ficar ainda mais bonitos, por isso aproveite e use o velho tapete persa da família, guardado com tanta estima, e coloque-o num lugar de destaque na sua casa.

Os tapetes orientais são muito semelhantes aos persas, mas têm algumas características que os distinguem. Originalmente provenientes da China, os tapetes orientais são também confeccionados na Índia, Irão e Roménia, devido à mão-de-obra barata, que proporciona que este tipo de tapetes mantenha uma boa qualidade-preço. Como os persas duram muitos anos e são bastante resistentes. Os tapetes orientais feitos de seda são os mais desejados, mas também os mais caros.

Os tapetes de estilo contemporâneo surgem em diversas cores, texturas, tamanhos e feitios. A sua limpeza  é geralmente fácil, mas não são tão duráveis como os mais tradicionais. Podem ser estampados, lisos, de cores neutras ou vibrantes, sendo normalmente vendidos a preços bastante acessíveis. Os tapetes contemporâneos podem ser completamente personalizáveis,  podendo-se escolher uma cor ou padrão que melhor se adapte ao mobiliário ou até mesmo o desenho impresso no próprio tapete, que até poderá ser uma cópia da sua obra de arte favorita.

A escolha do tapete para complementar a decoração do seu apartamento deve envolver um processo de planeamento cuidado ou poderá cair no erro de escolher um tapete de tamanho demasiado pequeno ou grande, ou até mesmo um padrão ou cor que não se adapte ao ambiente da divisão. Se não tem a certeza de qual comprar opte, por exemplo, por um tapete redondo que pode adaptar-se facilmente a qualquer situação e criar harmonia com todos os elementos decorativos envolventes.



2 Comentários

  1. Dayanne 18 de Outubro de 2012
  2. Dayanne 18 de Outubro de 2012

Deixe o seu comentário