Decoração de Casas

Como acabar com a desordem na sua casa

Se decidiu organizar a desarrumação e desordem que impera na sua casa, então está de parabéns, mas também já deve estar consciente da imensa tarefa que tem pela frente. Não desanime! Com força de vontade e algum empenho vai conseguir acabar facilmente com a desordem na sua casa!

A melhor solução é optar desde logo por sistemas de organização eficazes, como estantes, prateleiras e caixas, por exemplo. Contudo, combiná-los com o estilo de decoração da casa pode ser uma tarefa mais complicada, pelo que algum cuidado e atenção são necessários.

Para além disso, o facto de adquirir estes sistemas de organização, por si só não garante que a casa vá parecer mais organizada e o ambiente menos caótico, pois o que realmente é necessário é  melhorar a estética global do espaço. Trata-se também de uma mudança de mentalidade.

Para além de bem arrumada a casa precisa  transmitir uma sensação de ordem, limpeza e, acima de tudo, conforto. Neste artigo vamos mostrar-lhe o truque fundamental para que fique perfeita e um local onde impere a boa organização.

 

 

Uma das formas mais simples e rápidas de organizar a casa é ver-se livre de tudo aquilo que não faz falta. Lembre-se que cada centímetro de espaço é valioso e que por isso não deve estar ocupado desnecessariamente com elementos que simplesmente não lhe fazem falta nem usa. Deixamos aqui alguns exemplos:

  • Caixas – A maioria das coisas que compra trazem caixa, sendo uma enorme tentação acumulá-las pela casa na esperança de que um dia venham a ser úteis. Quer seja a caixa do seu novo telefone ou da mais inovadora televisão, ao fim de 30 dias já pode deita-la fora.
  • Aparelhos avariados – Se perdeu tempo a substituir um aparelho velho por um novo, então perca ainda mais algum tempo a colocar o velho no lixo. Se não funciona ou não é usado apenas está a ocupar espaço, espaço esse que podia ser melhor aproveitado para organizar o que é realmente necessário.
  • Talheres, loiças e afins – Não faz sentido acumular pela casa talheres, loiças e afins em excesso, quando no final apenas usa sempre as mesmas. A verdade é que na realidade até nem recebe muitos convidados na sua casa e, na maioria das vezes, apenas usa as peças menos vistosas e mais corriqueiras. Se tiver uma arrecadação guarde tudo o que está em excesso e mantenha apenas as peças que usa no quotidiano dentro de casa.
  • Jornais e revistas – Não os deixe espalhados pela casa. Guarde apenas aqueles que contenham no seu interior acontecimentos marcantes ou pessoais para si e, de preferência, num bom organizador para o efeito. Os restantes recicle, pois qual é a probabilidade e os reler novamente? Mínima!
  • Roupa – Certamente que o seu roupeiro está recheado de roupas que já não usa há anos e que, provavelmente, não irá voltar a vestir. O que lhe aconselhamos é que doe ou deite fora todas as peças de roupa que se acumulam no seu roupeiro há mais de um ano, sem uso. Desta forma vai conseguir organizar melhor a restante roupa que possui e, quem sabe até, encontrar mais espaço disponível para adquirir roupa nova que realmente venha a usar.

 



9 Comentários

  1. Maria Teresa Filipe 7 de Junho de 2012
  2. Ana Maria Santos 9 de Junho de 2012
  3. Margarete Salgado 11 de Junho de 2012
  4. Carmen Justo 19 de Junho de 2012
  5. Ana Formiga 20 de Junho de 2012
  6. Maria Veloso 11 de Outubro de 2012
    • Ana Macedo 11 de Outubro de 2012
  7. Rosario Rodrigues 15 de Fevereiro de 2014
  8. luiscasqueira 20 de Outubro de 2015

Deixe o seu comentário

Nome : Email :