Decoração com Tapetes Limpeza de Tapetes

Como guardar e preservar tapetes de forma adequada

Embora um tapete possa ser um investimento avultado, muitas pessoas gostam esporadicamente de trocar os seus tapetes por outros, quer seja por mudança de decoração, estação ou época festiva. Esta troca não significa obrigatoriamente que o velho tapete tem como destino o lixo, sendo em vez disso cuidadosamente guardado para voltar a ser utilizado posteriormente.

Torna-se por isso fundamental saber como se devem guardar estes tapetes, de forma a preservar da melhor forma toda a sua beleza e delicadas fibras.

O melhor local para guardar a sua coleção de tapetes é numa divisão da casa bem fresca, seca e com persianas ou cortinas capazes de bloquear a luz natural. Poucas são as pessoas que se podem dar ao luxo de ter uma divisão específica para guardar os tapetes, tendo de se contentar em preserva-los em armários, roupeiros ou até mesmo debaixo das camas. Contudo, sempre que possível tente adaptar estes espaços, de forma a conseguir criar as melhores condições para a preservação adequada dos tapetes.

Evite guardar os seus tapetes em locais como o sótão ou a cave, uma vez que normalmente não dispõem de controle de temperatura e podem também sofrem maiores oscilações, tanto em termos de temperatura  como de humidade.

 

 

Como enrolar o tapete


Limpe o tapete cuidadosamente antes de o guardar. Se o tapete não estiver muito sujo uma simples aspiração pode ser suficiente, mas caso este possua nódoas ou sujidades agarradas, talvez seja mais indicado recorrer a limpeza profissional para que fique nas melhores condições.

A melhor forma de guardar um tapete é enrola-lo. Nunca dobre o tapete, nem que este fique apenas dobrado por pouco tempo, pois irá começar a formar vincos que dificilmente conseguirá remover posteriormente. Enrole o tapete com a face virada para dentro, uma vez que esta não é tão dura e resistente como o seu verso. Tente manter o tapete o mais direito possível quando o estiver a enrolar. Se necessário use um rolo em madeira para facilitar a tarefa.

Dicas a seguir:

  • Se vive num local em que o clima é mais húmido em algumas épocas do ano, certifique-se que a zona que escolheu para guardar o tapete é bem ventilada. Esta importante medida serve para prevenir a formação de bolor. Um simples ventilador pode servir para o efeito. Em casos mais extremos faça uso de um desumidificador para trazer a humidade para um nível mais moderado.
  • Se pelo contrário viver num local  onde a humidade é baixa durante parte do ano, considere a possibilidade de elevar o nível de humidade ligeiramente com um humidificador.
  • Evite a incidência excessiva de luz solar nos tapetes com recurso a cortinas e persianas.
  • Limpe esporadicamente os tapetes guardados, pois mesmo guardados acumulam pó e poeiras,  o que por sua vez acaba por atrair também insetos e bactérias.
  • Sempre que possível guarde os seus tapetes acima do nível do chão, em prateleiras ou caixas para os preservar longe de pragas de insetos que podem usar o tapete como um confortável ninho.


4 Comentários

  1. Elisangela Vieira Dos Santos 5 de Outubro de 2012
  2. Jane Darckê 13 de Março de 2013
  3. Jane Darckê 13 de Março de 2013
  4. Simone 25 de Julho de 2015

Deixe o seu comentário

Nome : Email :