Decoração de Casas

Cortinados e outros tecidos: como combiná-los

Para a decoração de qualquer divisão é essencial que exista harmonia entre todos os elementos decorativos. Dos elementos que mais se destacam, as cortinas e outros tecidos, sem dúvida, que são dos mais importantes e quando mal combinados podem arruinar por completo a decoração de um espaço.

Por essa razão, é imperativo alguma cautela na escolha dos mesmos, analisando quais os padrões e cores que combinam melhor em conjunto e em cada tipo de ambiente.

Por isso, no artigo de hoje vamos mostrar-lhe algumas ideias diversas de como conjugar as cortinas com os restantes tecidos utilizados na decoração da divisão.

 

 

Misturar riscas com outros padrões


Esta é provavelmente uma das combinações que mais dúvidas pode gerar. Conjugar dois padrões distintos requer alguma arte, de forma a que o ambiente não fique demasiado cheio ou pouco harmonioso. Entre as regras que deve ter em conta ao combinar estes padrões distintos, a que nunca falha é mesmo optar por na combinação manter em comum a cor. Se a cortina é vermelha às riscas, então por exemplo as almofadas do sofá podem ser de padrão florido, mas com a presença também do mesmo tom de vermelho. Deste modo existe uma continuidade e um elo em comum entre todos os elementos.

 

 

Conjugar estampados e lisos

Esta combinação é mais simples que a anterior, mas também é preciso algum cuidado para que seja bem conseguida. O fundamental é que os tons lisos sejam os mesmo do padrão do cortinado ou vice-versa. A próxima imagem é um excelente exemplo do que falamos. O padrão floral do cortinado apresenta alguns tons de castanho, branco e vermelho, que são brilhantemente conjugados com as almofadas de diversos formados e tamanhos nos tons mencionados. Esta coerência confere à decoração imensa elegância e sofisticação.

 

 

Decorar com tons de azul

Combinar diversos tons de azul suave é fácil, uma vez que estes inserem-se em qualquer tipo de decoração e conjugam bem com tudo. No caso de querer utilizar tonalidades mais escuras de azul, então tem de existir um contraste no ambiente, de forma a não ficar demasiado pesado. Por exemplo, pode suavizar os tons azuis mais escuros com recurso a tonalidades de branco e bege. A azul é também uma cor fria pelo que um toque de vermelho ou de rosa vão dar um pouco mais de interesse e personalidade à decoração.

 

 

Decorar com tons de vermelho

Também o vermelho é uma cor muito popular na decoração de uma casa. Por isso, não é de estranhar que opte por colocar cortinas ou outros tecidos desta cor em qualquer divisão da casa. Contudo, como o vermelho é uma cor bastante forte é necessário bastante cautela na sua conjugação. O vermelho combina muito bem com divisões de maiores dimensões. No caso das divisões pequenas opte por tecidos com padrões reduzidos ou lineares. O vermelho conjuga também com branco e preto.

 

 

Decorar com tons naturais

Tons terra combinam com diversos estilos de decoração e transmitem bastante luminosidade a qualquer divisão. As gamas claras e os estampados mais simples devem ser utilizados nas superfícies maiores. Os tons mais escuros combinam bem tanto com o azul como com o tom branco.

 



10 Comentários

  1. Maria Isabel Monteiro Horta 12 de Julho de 2012
  2. Eudivânia 12 de Julho de 2012
  3. Marilda Zendrini 12 de Julho de 2012
  4. Clarice Machado 12 de Julho de 2012
  5. Denúsia Pires 13 de Julho de 2012
  6. Denúsia Pires 13 de Julho de 2012
  7. Denúsia Pires 13 de Julho de 2012
  8. Altair Baptista 14 de Julho de 2012
  9. Betania Da Silva 31 de Agosto de 2012
  10. Betânia Pereira 9 de Maio de 2013

Deixe o seu comentário

Nome : Email :