Decoração com plantas

Decoração com plantas: magnólia

As magnólias são plantas bonitas e delicadas, perfeitas para cultivo num jardim e cujas flores podem ser utilizadas para a decoração de uma casa. Em termos específicos são árvores e arbustos de grandes folhas duras, caducas ou persistentes. São apreciadas pelas suas flores solitárias, grandes, ornamentais e que para além de tudo são também muito perfumadas.

Existem cerca de 120 espécies diferentes, sendo que algumas, principalmente as espécies tropicais, encontram-se ameaçadas na natureza. Entre as mais raras encontramos a Magnolia pseudokobus, que já está extinta na natureza, mas ainda pode ser encontrada em alguns jardins privados. Algumas espécies de magnólias podem ser mantidas no interior como plantas ornamentais, como é o caso da Magnolia stellata ou shidekobushi, o que as têm vindo a tornar plantas muito populares.

Contudo, e como sucede com qualquer outra planta, também as magnólias precisam de alguns cuidados essenciais para se manterem sempre bonitas e saudáveis. Vamos então conhecer mais algumas das suas características e quais os cuidados que deve ter para manter a sua plena saúde.

 

 

Origem e características


As magnólias pertencem à família botânica das Magnoliáceas, e são um dos géneros mais antigos entre as plantas ornamentais.   Tiveram a sua origem na Ásia e América do Sul, mas hoje em dia já se podem encontrar-se facilmente em qualquer parte do mundo.

A maioria das espécies de folha caduca floresce muito cedo, a partir de Fevereiro e as de folha persistente são de floração estival. Os frutos são pequenos cones repletos de grãos vermelhos. As suas flores grandes florescem durante todo o ano, inclusive, no Inverno.

Cuidados essenciais

Como acontece com qualquer outra planta, também as magnólias precisam de alguns cuidados essenciais para se manterem sempre bonitas e saudáveis. Destacamos os seguintes como mais importantes:

  • Luz – São plantas que apreciam bastante luminosidade. Como são originárias de regiões tropicais são bastante resistentes a variações climáticas e à exposição solar direta. Ao contrário de outras plantas, o sol não as queima, pelo que podem ficar em locais com forte incidência de luz solar. No Inverno também não necessitam de grandes cuidados, resistindo bem até aos mais rigorosos. Contudo, as suas flores frágeis danificam-se facilmente por ventos fortes ou geadas tardias, pelo que nesta altura deve ser protegidas.
  • Regas – Quando a planta é mais jovem convém ter alguma cautela na hora das regas. O solo não deve secar completamente, devendo manter-se húmido, mas não encharcado.
  • Solo – São plantas que preferem ser cultivadas em solos neutros, ligeiramente ácidos, frescos e ricos em matéria orgânica. Os solos devem também ser bem drenados.
  • Podas – Durante seu crescimento é opcional a realização de algumas podas de formação, no intuito de moldar a planta da forma que gostar mais. Após a magnólia atingir a idade adulta, mantenha-a limpa com podas de limpeza sempre que houver ramos ou flores secas na planta.


8 Comentários

  1. Milly Barreiros 13 de Julho de 2012
  2. Rosemere Silvares 13 de Julho de 2012
  3. Maria Isabel Monteiro Horta 16 de Julho de 2012
  4. Graziela Dias Cosme 1 de Março de 2013
  5. Helena Alaburda 27 de Junho de 2013
  6. anabela 30 de Junho de 2013
  7. Flavia Helena De Paula 27 de Novembro de 2013

Deixe o seu comentário

Nome : Email :