Decoração de Casas

Ideias de decoração muito Zen

Se prefere uma decoração relaxante e sente que a sua casa deve ser como um refúgio, para o qual regressa todos os dias após um longo e cansativo dia de trabalho, então uma decoração muito Zen é a escolha perfeita para si.

Algumas pessoas transformam os seus quartos em verdadeiros estúdios da ioga, os seus jardins em zonas meditação ou banheiros em spas. Por isso, quer opte por adicionar alguns acessórios de inspiração asiática para criar um ambiente Zen ou investir numa remodelação total do seu apartamento para criar um ambiente de pura tranquilidade, lembre-se que o interior de cada divisão deve estar harmonioso e de acordo com os seus gostos pessoais e preferências.

 

 

Escolha de cores Zen


As cores podem afetá-lo psicologicamente.Podem influenciar o seu humor ou os seus sentimentos. As cores podem ainda mudar a sua percepção da temperatura e até mesmo afetar a percepção do espaço, tamanho e altura. Escolha cores neutras, como bege ou creme para ajudar a criar a atmosfera Zen que pretende. Cores frias, tais como azuis ou verdes claros, também podem ser boas escolhas para um ambiente calmante, relaxante e refrescante. São cores que evocam imagens da natureza,  trazendo à mente um pouco do exterior, como o céu ou plantas. Evite cores quentes ou demasiado brilhantes, como laranja e vermelho, que são excitantes e estimulantes, ou seja, conferem o efeito completamente oposto àquilo que é pretendido.

 

 

Espaços abertos

Uma das melhores formas de conseguir a atmosfera Zen que tanto aprecia é através da criação de espaços abertos. Se tiver essa opção, opte por evitar espaços demasiado fechados. Por exemplo, opte por fazer a divisão dos espaços com paredes em vidro ou através da utilização inteligente de divisórias que deixem passar a luz, como móveis, biombos e cortinas de tecidos leves e transparentes. Estes espaços abertos vão permitir melhorar o fluxo de ar e de energia, evitando também um ambiente mais “claustrofóbico” e de aparência mais desorganizada.

 

 

Simplicidade

Aposte na simplicidade se pretende um ambiente de inspiração Zen. Opte por uma decoração mínima nas paredes, de forma a manter tanto corredores como as zonas perto do chão livres e bem organizadas. Também não encha as várias divisões da casa com demasiadas peças de mobiliário. Mantenha apenas o que é necessário e fundamental, de forma a tornar as divisões mais confortáveis. Contudo, não confunda simplicidade com ausência excessiva de elementos decorativos. A sua casa não deve ser completamente desprovida de decoração, pois torna-se demasiado impessoal e pouco convidativa. Decore com elementos que o façam sentir-se calmo, relaxado e feliz. O objetivo principal é evitar um ambiente em que impere a desordem, mas ao mesmo tempo criar um espaço confortável para você e a sua família.

 

 

Elementos naturais

Para criar uma atmosfera Zen deve ainda incluir na sua casa diversos elementos naturais, reminiscentes de terra, fogo, madeira, ar e água. Por exemplo, pode colocar pequenas fontes, de estilo asiático ou mais moderno, em zonas de convívio ou de entrada, como é o caso de salas de estar e corredores ou halls de entrada. Use e abuse de velas com aromas calmantes, relaxantes e agradáveis. Coloque pelo menos uma planta viva em cada divisão da sua casa. As plantas não só vão trazer-lhe à mente vida e energia, mas também vão ajudar a purificar o ar da sua casa, ao mesmo tempo que são uma excelente fonte de cor para a decoração de qualquer espaço.



11 Comentários

  1. Adelaide Pires 22 de Fevereiro de 2012
  2. Celma M. Mandlate 22 de Fevereiro de 2012
  3. Cleide Machado de Oliveira 26 de Fevereiro de 2012
  4. Cleide Oliveira 26 de Fevereiro de 2012
  5. Pingback: Decoração zen | Blog Aroeira Home 28 de Fevereiro de 2012
  6. Selme Quirino Araujo 20 de Março de 2012
  7. Filomena Carvalho 19 de Junho de 2012
  8. Milly Barreiros 4 de Novembro de 2012
  9. Rita Flaiban 15 de Dezembro de 2012
  10. Rita Flaiban 15 de Dezembro de 2012
  11. Rita Flaiban 15 de Dezembro de 2012
  12. Vanda da Graça 5 de Janeiro de 2013

Deixe o seu comentário

Nome : Email :