Decoração com plantas Decoração de Casas

Plantas para decoração: Margaridas

As margaridas são plantas cheia de cor e perfeitas para cultivo tanto no interior de um apartamento, como no exterior. Embora pareçam delicadas, são plantas muito simples de cuidar e extremamente decorativas, conferindo a qualquer divisão do apartamento beleza e elegância. Neste artigo mostramos-lhe como manter estas plantas para decoração saudáveis e com muitas flores.

Origem e características das margaridas


As margaridas são conhecidas pelo seu nome latino Leucanthenum vulgare ou Chysanthenum Leucanthenum. São muito populares e existem numa grande quantidade de espécies de diferentes tamanhos, tipos de flor e numa vasta gama de cores, sendo o tom branco o mais comum. Pertencem à família das compostas, plantas que se caracterizam por possuir flores com um miolo redondo cercado por pétalas.

É difícil de especificar com exatidão a sua origem, uma vez que se encontram difundidas um pouco por todo o mundo, embora se acredita que são originárias da zona da euro ásia. São plantas arbustivas e com talos lenhosos, podendo alcançar diversos tamanhos e ter flores mais ou menos grandes, dependendo da variedade a que pertencem.

Podem ser utilizadas como decoração de apartamentos numa jarra, através das suas flores cortadas, que com os devidos cuidados podem conservar-se durante bastante tempo.

No período que vai da Primavera ao Outono é a época de floração das margaridas. Se retirar as flores assim que começarem a murchar, garante que a planta irá florescer mais. Deverá ainda ter o cuidado de podá-las na Primavera, para que tenha mais flores e a planta cresça mais viçosa.

Como cuidar de margaridas

As margaridas são muito exigentes em termos de luz. Escolha um local do apartamento em que haja boa incidência do sol, podendo ser até mesmo uma zona com sol pleno durante todo dia. No entanto, também crescer na semi-sombra, embora apresente melhor desenvolvido quando apanha luz direta solar.

Preferem temperaturas entre os 15ºC e os 25ºC, apesar de se adaptarem bem tanto ao frio como ao calor. Tenha no entanto em atenção, que as deverá regar regularmente no verão, a cada 2 ou 3 dias e, no inverno, de 15 em 15 dias. Evite regar em demasia, provocando encharcamentos, ou correrá o risco de a planta morrer.

Quanto ao solo, para obter uma boa floração com cores mais intensas e um bom crescimento, deverá sempre adubar a planta durante o período da floração. Utilize também um substrato drenável e enriqueça-o com fertilizante sempre no final do inverno. Adubo orgânico irá fornecer os nutrientes essenciais para que a planta cresça saudável e se desenvolva, devendo ao mesmo tempo reforçar com um pouco de NPK rico em fósforo, para estimular a floração.

Detalhes a ter em conta quando compra uma planta de margaridas

De forma a avaliar se a planta de margaridas é saudável e se se encontra nas melhores condições na altura da compra, é necessário verificar se as folhas dos talos estão bastante verdes e firmes, e se não há nenhuma danificada ou amarela, o que poderia ser um sinal visível de praga. Tenha ainda o cuidado de verificar se a planta possui muitos bolbos e flores abertas. Por vezes, quando os bolbos encontram-se demasiado fechados , com a secura existente no interior, acabam por não abrir.

As margaridas são plantas para decoração vistosas e de simples manutenção, ideais para cultivo em vaso ou para exposição numa bonita jarra. Fornecendo-lhe todos os cuidados básicos necessários para o seu desenvolvimento, as margaridas são uma das plantas que vão dar mais colorido e vivacidade, por muitos anos, ao seu apartamento.



2 Comentários

  1. Porcina Branco 23 de Janeiro de 2012
  2. Eliane Souto 24 de Abril de 2016

Deixe o seu comentário

Nome : Email :