Decoração com Tapetes Decoração com Tapetes e Carpetes

Tapetes: como escolher o padrão

A escolha do padrão, assim como acontece com a escolha das cores, é um dos critérios mais importantes a ter em conta quando pensa adquirir um tapete para decorar qualquer divisão da sua casa.

Pode encontrar tapetes com os mais variados padrões, sendo por isso fácil de adquirir um que melhor combine com a decoração da divisão. O design dos tapetes deve estar também de acordo com a personalidade de quem o compra, podendo este adaptar-se também ao próprio tema escolhido para a decoração do espaço. O tapete acaba assim por ser um prolongamento dos próprios gostos de cada pessoa, quer o padrão escolhido seja o mais moderno ou o velhinho tradicional.

No entanto, é preciso alguma cautela na hora de escolher o padrão mais adequado. Pormenores importantes como o tamanho da divisão, a sua função e até formato, podem fazer toda a diferença no tipo de design a ser escolhido. Para o ajudar na difícil tarefa de escolher o padrão mais apropriado para o tapete de qualquer divisão, a nossa equipa partilha consigo algumas dicas úteis e simples de fixar.

Tapetes com padrão


Os tapetes com padrão são uma excelente forma de alegrar e criar maior interesse na decoração de um espaço. Pode escolher entre padrões geométricos, florais, orientais, entre outros, para decorar cada divisão, em vez de optar unicamente pelos de lisos, ou então combinar de forma sensata os dois. Lembre-se no entanto, que não deverá exagerar no número de diferentes padrões presentes num mesmo espaço. O ideal é limitar o seu uso a dois padrões por divisão, tendo sempre o cuidado de estes combinarem bem entre si e com a decoração envolvente. Não dar a devida atenção a este pormenor pode resultar, irremediavelmente, numa decoração desagradável e pouco harmoniosa.

Por exemplo, se quiser colocar um tapete com padrão na sala de estar, mas o sofá por si só já tiver um pequeno padrão floral, então pode optar por um tapete com um padrão maior, mas mantendo-se nos motivos florais ou então nas cores existentes no padrão do sofá. Se ao contrário, por exemplo, as cortinas ou outros têxteis ostentarem padrões de grandes dimensões, o padrão do tapete deve ser menor.

Se pensar em adquirir um tapete com um padrão central, então tenha o cuidado de dispor o mobiliário da divisão em torno deste, senão corre o risco do padrão ficar “cortado”, o que causa um efeito muito pouco estético, acabando, inclusive, por perder toda a sua beleza e graça.

Outro tipo de padrões, como é o caso dos padrões geométricos, obedecem também a alguns cuidados no seu uso. Um tapete com riscas horizontais, por exemplo, não deve ser utilizado em divisões de dimensões maiores, no entanto, vai fazer uma divisão estreita parecer mais larga.

Numa casa em que predomina uma decoração mais contemporânea, um bonito tapete de padrão geométrico de maiores dimensões ou mais ousado vai fazer com que o ambiente  ganhe vida e interesse. Por outro lado, numa casa com decoração mais tradicional pode ser utilizado um tapete de padrão geométrico mais simples e de cores mais suaves, de forma a que se torne num complemento decorativo que não entre em choque com a restante decoração envolvente.



Deixe o seu comentário

Nome : Email :